23 de novembro de 2016


Categoria Varejo

Os cases finalistas desta categoria foram a Copel Telecom, com o case “Na sua vida não é assim. Por que a internet tem que ser?”; a Joalherias Big Ben, com o case “Gold Friday Big Ben”; e a Tintas Verginia, com o case “Estratégia de Posicionamento; em um mercado onde a briga por preços baixos é prática constante”.

 

CASE VENCEDOR

Tintas Verginia

Vencedora da categoria Varejo, a Tintas Verginia apresentou uma estratégia de posicionamento para gerar fortalecimento de marca e maior faturamento. Ao contrário da maioria, onde o foco é no produto e nas promoções, a empresa apostou no bom atendimento ao cliente, em vez da da redução de preços. Para isso, a empresa promoveu consultoria de vendas e ofereceu soluções aos clientes, que foi desde pintura automotiva e industrial, até imobiliária.

Dessa forma, o objetivo de promover a marca e a empresa por meio de uma publicidade harmônica, relacionando características do produto vendido com sensações, bem-estar e experiências do dia a dia, deu certo. Com isso, foi possível atender algumas necessidades dos consumidores, como a entrega de produtos em até 24 horas para Curitiba e região metropolitana. A ação contou com planejamento e análises dos concorrentes e do mercado.

Além disso, outro desafio da empresa era o de combater e se sobressair aos home centers, os quais possuem verbas publicitárias isoladas somando até 10x a verba da Tintas Verginia. O resultado? Crescimento de 5% em meio a uma queda do comércio varejista de tintas – que chegou a – 6,7%; aumento de 99% no engajamento da fanpage da Tintas Verginia entre 2015 e 2016; e feedback positivo por parte de clientes, fornecedores e colaboradores com relação às campanhas veiculadas.

COMPARTILHE
Share on LinkedInShare on FacebookGoogle+Tweet about this on Twitter