23 de novembro de 2016


Categoria Serviços

Os cases finalistas desta categoria foram a Central Sicredi PR/SP/RJ com o case “Poupança Programada Sicredi: Crescimento expressivo nos resultados mesmo em um dos piores momentos da história da poupança no Brasil”; o Paraná Clínicas, com o case “Priori: Programas de Saúde Paraná Clínicas”; e a PUCPR, com case “Tradição e Inovação: o novo modelo de cerimônia de colação de grau da PUCPR”.

 

CASE VENCEDOR

Sicredi


Na categoria Serviços, o destaque foi o Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 110 anos de história. Com mais de 3,4 milhões de associados, a instituição apresentou um balanço do crescimento da poupança programada com o case “Quando vê poupou, quando vê ganhou”.

O principal objetivo da campanha era aumentar o volume de captação em poupança programada, fazendo com que, ao longo da campanha, o incremento total de R$ 261 milhões projetado para todo o ano de 2016 fosse antecipado para o mês de outubro, o que, de fato, aconteceu. Mesmo em um dos piores momentos da história da poupança no Brasil, durante o período de veiculação da campanha (entre junho e setembro de 2016), houve um crescimento de 99% no número de associados com poupança programada no Paraná, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

O Sicredi definiu como linha de comunicação a criação de uma campanha que demonstrasse os benefícios da poupança programada de um jeito didático e divertido, e que gerasse poder de engajamento. Para estimular o hábito de poupar, o Sicredi premiou mensalmente 20 clientes com um valor de R$ 2 mil, e no mês de setembro sorteou R$ 500 mil entre todos os correntistas que depositaram pelo menos R$ 100 na poupança.

Como resultado, os números envolvendo a poupança programada comprovaram claramente o sucesso da campanha. O valor total captado mensalmente em poupança programada era, em maio, R$ 5,96 milhões e, em setembro, era de R$ 12,33 milhões, o que representou um crescimento de 106,88% no valor mensal. Ainda de acordo com a empresa, a base de associados com poupança programada, desse modo, saiu de 10% em maio para 14,6% em setembro de 2016, um aumento de 46%. O incremento anual de R$ 265 milhões projetado para o ano não só foi atingido, como largamente superado, chegando em setembro a R$ 338 milhões. E vale destacar que todos esses resultados ocorreram justamente no período em que, em nível nacional, o volume de recursos retirados da caderneta de poupança foi um dos maiores da história.

COMPARTILHE
Share on LinkedInShare on FacebookGoogle+Tweet about this on Twitter