23 de novembro de 2016


Categoria Comunicação

Os cases finalistas desta categoria foram a Gazeta do Povo, com o case “Nova Gazeta”; e a Rede Massa FM, com os cases “A conquista da liderança e permanência de audiência da Massa FM em Curitiba” e “Do off-line ao online: como a Rede Massa, sucesso na TV aberta, tornou-se a rede paranaense”.

 

CASE VENCEDOR

Massa FM

Vencedora da categoria Comunicação com o case “A conquista da liderança e permanência de audiência em Curitiba”, a Massa FM comemorou, também, seus 10 anos de operação. Apesar do prejuízo de R$ 400 mil após a queda da torre de transmissão, a emissora se manteve em primeiro lugar na audiência durante 44 semanas, com o dobro de novas campanhas, promoções e ações voltadas à visibilidade da marca para o público, segundo o Kantar Ibope Media.

O objetivo era desbancar a concorrência do topo da liderança de vinte anos, ocupando o primeiro lugar em audiência, e crescer em faturamento proporcionalmente para conseguir suprir os custos que essa colocação implica. Com isso, os principais desafios eram justamente buscar a audiência de forma sustentável financeiramente, ser percebida de um jeito novo trazendo mais audiência, sem perder a essência; ganhar numa disputa com rádios tradicionais e que já tinham maior tempo de existência – sendo uma delas do maior grupo de comunicação do Paraná, entre outros.

Os resultados analisados mensalmente pelo Ibope, mostraram que a Massa FM conquistou a liderança em fevereiro de 2013 e se manteve em primeiro lugar de audiência, totalizando 43 meses como líder das emissoras FM da Grande Curitiba. São números expressivos que demonstraram que toda a Campanha e sua estratégia funcionou. Além disso, os resultados somados apresentaram um aumento de 500%, e a rádio passou seu faturamento de R$ 200 mil ao mês, para R$ 1 milhão. Em 2016, a receita da emissora cresceu 6% comparado à 2015.

COMPARTILHE
Share on LinkedInShare on FacebookGoogle+Tweet about this on Twitter